Policiais e bombeiros salvam vida de homem no Novo Mundo, em Curitiba

Foto arquivo PMPR

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros salvaram a vida de um homem que queria se jogar de um viaduto na noite desta quarta-feira (14/07) no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Graças à atuação rápida, os policiais e bombeiros militares conseguiram retirá-lo do local de risco e evitaram a tragédia, aproveitando um momento de desatenção do homem.

As informações preliminares da situação chegaram à PM pelo 190, e a primeira equipe policial a chegar no endereço, composta pelo sargento Vander Aparecido da Silva e pelo soldado Johnny Alexander Lucas, percebeu a intensa movimentação de veículos na avenida e iniciou a conversa com o homem, de 25 anos, para desestimulá-lo de se jogar. Também foi solicitado apoio de mais equipes para fazer o isolamento do local e orientação do trânsito para evitar riscos aos motoristas que passavam embaixo do viaduto.

De acordo com o soldado  Lucas, o homem estava decidido e não queria ceder às orientações dos policiais militares. “Nós conversamos com ele durante uns 15 minutos até a chegada de outras equipes da PM e do Corpo de Bombeiros, que foram acionados para auxiliar na ocorrência”, explicou.

Chegaram em apoio as equipes compostas pelos soldados Edson Thuler, Danielle Lemes dos Santos e Marjorie Paim Chaves da PM , e o tenente Sean Filipake e soldado Lucas Lavagmino Dalazuana do Corpo de Bombeiros.

Em certo momento de distração do homem, o tenente Filipake e os soldados Paim e Lucas seguraram ele pelas roupas e o puxaram da parte externa do viaduto rapidamente. Ele foi amparado pelos profissionais e não estava com ferimentos. Ele também foi atendido pelo SAMU ainda no local e depois foi levado ao Hospital do Trabalhador para ser dada continuidade ao atendimento.

Ainda segundo o soldado Lucas a situação estava bem complicada, pois o homem estava com o corpo todo para o lado de fora do viaduto e não queria que ninguém chegasse perto. “Ele estava bem nervoso e parecia que a qualquer momento ele iria se jogar e, após a nossa conversa, ele foi se acalmando e assim foi possível retirar ele do local”, complementou

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s