BEBÊ ENGASGADO COM LEITE MATERNO É SALVA POR POLICIAIS MILITARES EM PIRAQUARA, NA RMC

Foto: Ilustrativa

Pelotão Caveira 21/07/2021 as 12h35

Com pouco mais de um mês de vida, Thayná Alves dos Santos já tem uma forte ligação com a Polícia Militar e com os soldados Christopher Druciak e Paulo Henrique Martins de Freitas. Os policiais militares, lotados no Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), salvaram a menina que tinha se engasgado com leite materno e evitaram uma tragédia. A ocorrência foi nessa terça-feira (20/07), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).


Os policiais fazem parte da Radiopatrulha e o dia de serviço estava calmo, até que foram surpreendidos pelos pedidos de socorro de pessoas que perceberam a gravidade da situação da bebê e indicaram aos policiais um carro que vinha em direção à equipe. 


De imediato, os policiais pararam a viatura e uma mulher saiu do veículo com uma criança nos braços aparentando estar desacordada. A mãe da criança relatou aos policiais que a menina se afogou após a amamentação. Em pouco tempo ela já estava com uma coloração cianótica (azulada) e desacordada. 


“Quando fomos abordados por essa família, a mãe em um pedido de socorro, em um ato de desespero vem em direção a mim e entrega a sua filha na esperança de receber a ajuda que precisava. De forma técnica e até um pouco instintiva peguei a pequena nos braços, procurei um local seguro para fazer o procedimento e assim que fiz a manobra ela já voltou a respirar”, explicou o soldado Druciak.


A gravidade da situação fez com que a equipe policial buscasse atendimento médico em uma unidade de saúde. Enquanto o soldado Druciak continuou com a técnica de desobstrução das vias áreas, o soldado Martins assumiu a direção da viatura e seguiu para o hospital, pois o local era um pouco distante para aguardar a chegada da ambulância.


“Durante o deslocamento a criança entrou novamente em parada respiratória, iniciei novos procedimentos de primeiros socorros e logo ela voltou a respirar novamente. Nesse momento senti um alívio, enquanto o soldado Martins dirigia e tentava acalmar a mãe”, explicou o soldado Druciak.


Logo em seguida, os policiais chegaram na unidade de saúde e entregaram a criança à equipe médica, onde ela permaneceu em observação até ficar estável e receber alta. “É uma sensação única, diferente de outras ações que a gente tem da Polícia Militar, salvar a vida de uma criança de apenas um mês e quatro dias é uma sensação de dever cumprido”, complementou o soldado Martins.


PREPARO – O atendimento dos policiais militares se deu pelo preparo profissional feito durante o período de formação na Polícia Militar. O soldado Druciak explica que é essencial possuir habilidades de primeiros socorros para dar suporte às pessoas em momentos de emergência. “Durante o curso de formação de soldados nós temos instruções sobre isso, mas quando a gente está na situação e temos que aplicar essas técnicas, eu nunca tinha passado por isso, é uma sensação única de poder salvar essa vida e saber que conseguimos dar esse apoio para essa família”, finalizou o soldado Druciak.

Pelotão Caveira ☠️☠️☠️

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s