PM cumpre 15 mandados de Busca e Apreensão durante operação Bruxaria contra o tráfico de drogas nas cidades de Mandaguari e Sarandi

Quatro pessoas que integravam um grupo envolvido com tráfico de drogas no Noroeste do estado foram presas pelo 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), durante a operação Bruxaria na última quinta-feira (19/08), nas cidades de Sarandi e Mandaguari. Ao todo, 15 mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos, com a apreensão de uma arma e diversas porções de maconha, crack e cocaína.

A operação foi desencadeada graças ao apoio do Ministério Público, por meio da Comarca de Mandaguari, que deu o suporte para as equipes policiais levantarem informações sobre a atividade criminosa em Mandaguari e região, chegando até um grupo de pessoas que seria responsável por roubos, tráfico de drogas e homicídios.

O trabalho de monitoramento e busca de informações foi de quatro meses, em que os policiais militares puderam constatar as atividades criminosas. Com a emissão dos mandados judiciais, o 4º Batalhão preparou 74 policiais militares da unidade para deflagrar a operação. Participaram da ação os integrantes do Pelotão de Choque, de Operações com Cães, da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e do Serviço Reservado.

O balanço do trabalho foi de quatro pessoas presas, um revólver de calibre .38 , 977 gramas de crack; 38 porções prontas para a venda da mesma droga, 667 gramas de maconha, 2,110 quilos de pasta base e 15 gramas de cocaína apreendidos, além de localizados aproximadamente R$14.000,00 em dinheiro, duas balanças de precisão e diversos celulares.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s