PRF atende dois graves acidentes na noite deste sábado, um em Marialva e outro em Paranavaí

Duas pessoas morreram, outras três saíram feridas, uma delas, uma criança de apenas dois anos de idade

O primeiro acidente ocorreu por volta das 19h30, no km 198,8 da BR 376, município de Marialva. Um veículo VW Gol com placas de Mandaguari conduzido por um homem de 30 anos atropelou um pedestre de 33 anos, quando este tentava atravessar a rodovia.

Segundo levantamento realizado pela equipe da PRF, este atropelado transitava com sua motocicleta no sentido Mandaguari, quando teria estacionado no acostamento e adentrado à faixa de rolamento a pé para pegar algo que se encontrava sobre a pista, momento em que foi atropelado.

Devido à violência do impacto, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Já o condutor do Gol não se feriu. Ele foi submetido ao teste de alcoolemia que não indicou a presença de álcool.

Equipes de socorristas, da concessionária da rodovia, perícia, IML, além dos PRFs, compareceram no local do acidente para trabalhos diversos.

O outro acidente ocorreu pouco mais de duas horas após, por volta das 21h37, no km 106,3 da mesma rodovia, no município de Paranavaí. Uma caminhonete Toyota Hilux com placas de Sarandi, conduzida por um homem de 35 anos colidiu violentamente na traseira de um veículo GM/Celta com placas de Paranavaí, conduzido por um homem também com 35 anos, que seguia no mesmo sentido da via, Paranavaí a Nova Londrina.

Dentro do Celta haviam 3 pessoas da mesma família, marido,(condutor), esposa e um filho de apenas dois anos de idade. O condutor não resistiu aos ferimentos e morreu na hora, já a esposa e o filho foram encaminhados em estado grave para o hospital Santa Casa em Paranavaí.

O condutor da Hilux teve ferimentos leves. Ele se recusou a se submeter ao teste de alcoolemia. Ele foi multado em quase três mil reais e deverá ter sua CNH suspensa por 12 meses. A PRF fará o Boletim de Acidente de Trânsito e o encaminhará à autoridade policial.

Caso se confirme por exames clínicos que este condutor estava sob o efeito de álcool, após o devido processo legal, ele poderá pegar uma pena de até 18 anos de reclusão pela morte do condutor e pelas duas lesões graves.

Imagem do primeiro acidente

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s