ASSOCIAÇÃO CRIADA POR POLICIAIS CIVIS DO Paraná ALCANÇA MARCA DE 500 ATENDIMENTOS A FAMÍLIAS DE ITAPERUÇU.

Foto: PCPR

Publicado em 27 de Agosto de 2021 as 05h28 por redação Pelotão Caveira


Associação criada por policiais civis do Paraná alcança marca de 500 atendimentos a famílias em vulnerabilidade social em Itaperuçu, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O alcance da meta foi comemorado na Escola Municipal Maria do Rosário Bini, na quinta-feira (19).

Com um bolo de 15 quilos, voluntários da Associação Unidos Conseguimos comemoraram o sucesso do projeto com alunos e servidores da escola. Três policiais civis participaram do evento e receberam homenagem em nome da Polícia Civil do Paraná (PCPR): o investigador Vicente Lino Marchalek, o investigador Sandrio Igor Sureira e o delegado Claudio Marques.

O trabalho em Itaperuçu funciona desde abril deste ano. As famílias atendidas estão em vulnerabilidade social e são encaminhadas pelo Centro de Referência da Assistência Social. A associação arrecada roupas, alimentos, produtos de higiene e limpeza, e depois disponibiliza os produtos em uma “loja” aberta em Itaperuçu, onde as famílias escolhem e retiram os artigos.

A associação fornece um cartão para cada família cadastrada e a partir de horário agendado elas podem ir à loja e fazer a retirada. Pelo menos uma vez ao mês, os beneficiados passam pela local, o que torna possível acompanhar cada família em suas dificuldades.

O imóvel é cedido pela Prefeitura Municipal e os voluntários que atuam na loja são da comunidade. Policiais civis e outras pessoas da sociedade organizada são responsáveis pela doação e arrecadação de produtos.

UNIDOS CONSEGUIMOS – O projeto surgiu em 2017 no Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas, em Curitiba. O investigador Vicente Lino foi quem abriu o debate sobre a necessidade de prestar apoio a famílias de crianças desaparecidas.

“Era muito comum a gente sair em missão e encontrar as crianças com roupa suja, rasgada. A mãe costumava não ter nem comida para dar para as crianças. Conversei com os colegas, que não bastava encontrarmos os desaparecidos e levá-los para casa. Eles precisavam de mais”, lembra Lino.

E foi de caixa em caixa que o Unidos Conseguimos iniciou. “Começamos colocando uma caixa na delegacia. Conversamos com colegas de outras unidades para colocar outras caixas, como 12 DP, 3 DP, a Delegacia da Mulher. Hoje mantemos três caixas: na DEAM, no Sicride e uma na Delegacia de Homicídios, para arrecadarmos roupas, alimentos e brinquedos”, explica o investigador.

O nome sugerido por Vicente foi “Unidos Conseguimos”, porque segundo ele, sem a união de setores o projeto não seria possível. Outras entidades da sociedade civil também integraram a iniciativa, que em 2019 se tornou uma associação beneficente sem fins lucrativos.

O voluntariado já chegou a cidades da RMC e interior do Estado. Antes de Itaperuçu, o Unidos Conseguimos atuou em Rio Branco do Sul por três anos. A viabilidade do voluntariado depende de parceria com o governo municipal para cessão de imóvel. A loja de Itaperuçu tem prateleiras, araras e cabides para dispor os artigos de doação.

Além da visita mensal à loja, crianças de até 12 anos são cadastradas para ganhar um brinquedo no mês do aniversário. Hoje a associação conta com três voluntários da comunidade no presencial e 10 policiais civis engajados de forma permanente no trabalho de arrecadação de recursos e materiais. A maior parte de captação ocorre em Curitiba.

VOLUNTARIADO – A Associação Unidos Conseguimos está aberta a receber doações e o serviço de pessoas que queiram doar um pouco da habilidade que possuem em prol da organização. Atualmente a entidade precisa de voluntário para gerir o portal da instituição e de pessoas para prestar serviços de assistência social. Mais informações podem ser obtidas na página https://www.unidosconseguimos.org/. Policiais civis da ativa e veteranos são bem-vindos ao voluntariado.

Pelotão Caveira ☠️☠️☠️☠️

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s