Operação Tríade reforça presença da Polícia Militar na Capital e RMC

A Polícia Militar do Paraná deu início à Operação Tríade na noite de sexta-feira (17) em Curitiba e na Região Metropolitana. Mais de 300 policiais militares e 90 viaturas participaram das ações, que resultaram em 17 pessoas presas, apreensão de armas e drogas e resgate de pássaros silvestres.

A operação Tríade é a primeira atividade do Comando de Policiamento Especializado (CPE), criado nas últimas semanas, e que é responsável por gerenciar todos os batalhões especializados que atuam em terra, água e ar.

A nova configuração do policiamento especializado da Polícia Militar foi feita pelo Comando-Geral da Corporação para melhor gerenciar os recursos materiais e o efetivo, permitindo o desdobramento de equipes de maneira mais otimizada em todo o estado.

INTENSIFICAÇÃO – Sobre as ações realizadas na sexta-feira, o comandante da operação e chefe do setor de projetos do CPE, major Robson Farias Idalgo, definiu como “uma intensificação do policiamento ostensivo e preventivo em Curitiba e Região Metropolitana visando o combate a homicídios, tráfico de drogas, perturbação do sossego, para dar uma resposta à sociedade e aumentar a sensação de segurança”, disse.

No período de oito horas de operação, foram registradas 470 ocorrências policiais, 122 a menos que no mesmo período da sexta-feira anterior (10/09), quando a PM registrou 592 ocorrências, uma redução de 21%. “Isso demonstra a efetividade preventiva da operação, inibindo crimes que poderiam ter ocorrido”, destacou.

BALANÇO – A operação foi realizada em duas etapas, resultando em 1.786 pessoas abordadas e 192 veículos vistoriados. Os policiais militares também estiveram em 65 pontos comerciais e apreenderam uma arma de fogo, um simulacro, 15 pedras de crack, 7,8 quilos de maconha e 105 gramas de cocaína. Também houve a recuperação de uma moto furtada. Em uma das ocorrências, houve o resgate de 76 aves silvestres e aplicação de um auto de infração ambiental de R$ 42.500,00 ao responsável.

A primeira parte do efetivo iniciou os trabalhos às 17h com as equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia Ambiental-Força Verde (BPAmb-FV), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPEC), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e da Companhia de Rondas Ostensivas com Aplicação de Motocicletas (CIROCAM).

FISCALIZAÇÃO URBANA – Depois, a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), juntamente com outra fração do BPChoque e com o Esquadrão de Eventos do RPMon, lançaram a outra parte da operação, para reforçar os trabalhos ao longo do período noturno e dar suporte às equipes policiais de área, sobretudo na fiscalização das medidas sanitárias de enfrentamento ao coronavírus.

A AIFU atendeu denúncias de aglomerações e outras irregularidades previstas no decreto estadual, atividade que resultou na lavratura de 28 autuações administrativas por parte dos agentes municipais. Na área de trânsito, os policiais militares lavraram 16 autos de infração de trânsito e quatro veículos foram recolhidos ao pátio por pendências administrativas.

Durante a operação, as equipes abordaram bares que continham produtos contrabandeados. Em dois pontos, nos bairros Parolin e CIC, em Curitiba, foram apreendidos 78 maços de cigarros e 281 essências de narguilé. Os materiais foram entregues à Receita Federal para os procedimentos legais.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s