Caminhão guincho é interceptado pela PRF em Campo Mourão carregando veículo com maconha e skunk

Um casal foi preso em flagrante. Eles utilizaram um caminhão guincho no intuito de dissimular a ação criminosa

Essa ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Federal na manhã deste domingo (17), por volta das 11h25, no Km 206 da BR 158, (contorno de Campo Mourão).

Policiais realizavam uma fiscalização focada no combate à criminalidade, momento em que deram ordem de parada a um caminhão Guincho transportando um veículo VW Golf que seguia no sentido Campo Mourão a Maringá.

Após a abordagem, dois passageiros que acompanhava o condutor do guincho, um rapaz de 26 anos e uma moça de 18 anos, residentes em Foz do Iguaçu, região Oeste do Estado, apresentaram certo nervosismo e declarações desconexas sobre origem, destino e outras informações pertinentes à viagem.

Os policiais intensificaram a ação e realizaram uma vistoria no caminhão e também no veículo trasportado, onde foi localizado nas partes internas do VWGolf, atrás dos bancos dianteiros e no interior do porta-malas, fardos e tabletes contendo 234,97 kg de maconha e 16,62 kg de skunk, estes acondicionados em duas bolsas, totalizando 251,59 Kg de drogas.

Também, após fiscalização dos elementos identificadores do veículo, foi constatado que o motor que estava no veículo Golf pertence a outro veículo que está com queixa de Roubo/Furto. Os policiais descobriram ainda que este veículo tinha condições de trafegabilidade e a utilização do guincho foi uma forma de tentar escapar de eventuais fiscalizações policiais.

Ao serem questionados, o rapaz informou que pegou o veículo já carregado próximo a Ponte da Amizade em Foz do Iguaçu-PR, e tinha como destino a cidade de São Paulo-SP, e que receberia certa quantia em dinheiro após a entrega, porém, nada falou sobre a utilização de um caminhão guincho para levá-los e também sobre o motor roubado. Já a moça não se pronunciou.

Eles foram presos em flagrante e encaminhados com o veículo e o entorpecente à delegacia da Polícia Civil de Campo Mourão para os procedimentos legais. Eles responderão, em tese, pelos crimes de tráfico de drogas e receptação com penas que podem chegar a 19 anos de reclusão.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s