PCPR PRENDE MAIS UM SUSPEITO DE LATROCÍNIO EM RIO BRANCO DO SUL.

Publicado em 22 de Outubro de 2021 as 19h54 por redação Pelotão Caveira


A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu temporariamente, um homem, de 23 anos, por um latrocínio contra nome da vítima, ocorrido em julho deste ano, no município de Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. A captura ocorreu, nesta quinta-feira (21), na residência do indivíduo, no bairro Capinzal, na cidade de Itaperuçu.

CRIME – O fato ocorreu no dia 23 de julho deste ano, a vítima, um homem de 21 anos, e uma mulher, estavam em um veículo, na Estrada do Calcário, em Rio Branco do Sul, quando foram surpreendidos por dois homens armados com uma faca e um revólver. A vítima foi morta com golpes de faca e, após o crime, o veículo e aparelho celular foram subtraídos. No mesmo dia, o veículo foi encontrado em chamas.

O crime comoveu a cidade por se tratar de uma vítima que não tinha envolvimento com a criminalidade. O delegado da PCPR Ivonei Oscar da Silva afirma que, todos os crimes chocam e significam um rompimento do tecido social. “Esse fato abalou muito a sociedade por ser um jovem trabalhador, bom filho, excelente amigo e envolvido em atividades religiosas. Ou seja, um rapaz exemplar.” afirma.

O delegado completa que a PCPR está investigando outras mortes e tentativas de homicídio e as investigações estão trazendo bons resultados, com diversas prisões já ocorridas e apreensões realizadas. “Após chegada da força-tarefa em Rio Branco do Sul não teve mais nenhum homicídio nos últimos 60 dias.” Finaliza o delegado.

O trabalho da PCPR tem apresentado ótimos resultados, de acordo com o Padre Eder Szpak Meiga, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Amparo. “Esta prisão vem trazer alento a toda a sociedade rio branquense, em especial a família do Alex. O trabalho que está sendo desenvolvido pela Força Tarefa está devolvendo a paz e a tranquilidade ao nosso município, mostrando que aqui o crime não fica impune.” finaliza Szpak.

Esta força-tarefa da PCPR iniciou no dia 30 de setembro e assumiu este e outros inquéritos em aberto. A ação faz parte do Plano de Atuação Sistemática e Integrada (Pasi) na Região Metropolita de Curitiba, em que o objetivo é elucidar e reduzir homicídios.

Para a delegada da PCPR Camila Cecconello esta prisão traz justiça a um caso grave. “É o resultado dos esforços empreendidos pela PCPR, que tem realizado um trabalho conjunto de várias unidades, com foco na elucidação de mortes violentas e no combate ao tráfico de drogas nos municípios onde foram detectados altos índices de violência.” Afirma Camila.

O delegado e chefe da Divisão de Polícia Metropolitana da PCPR, Fábio Amaro, declara que essa força-tarefa foi instituída na RMC para dar atendimento às cidades com maior índices de violência. “A equipe está radicada na cidade há mais de dois meses e já ocorreram várias prisões, dentre elas a deste caso de latrocínio, que o jovem teve sua vida ceifada em razão do furto de um automóvel.” Ele ainda diz que a ideia é implementar a força-tarefa em outros municípios.

PRISÕES – Outro homem, de 23 anos, suspeito de participar do homicídio contra Alexsander Rodrigues, foi preso no dia 6 de outubro.

O avanço das investigações possibilitou a prisão de um terceiro indivíduo, no dia 9 de outubro. O indivíduo, de 27, foi preso suspeito de receptar o celular da vítima. No entanto, ele não tem envolvimento direto com o homicídio.

Pelotão Caveira ☠️☠️☠️☠️

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s